quarta-feira, 10 de julho de 2013

Em discurso, Dilma é interrompida e recebe excelentes vaias de prefeitos

Dilma Rousseff anda de braços dados com as vaias. No mês passado a presidente foi alvo de - repito, excelentes e merecidas, considerando-se o grau de ruindade deste governo - vaias de torcedores do Mané Garrincha, em Brasília, na abertura da Copa das Confederações e de outras vindas das janelas de cariocas logo após seu pronunciamento feito no dia 21. Como sabem, comemorei todos esses eventos. E hoje obviamente não será uma exceção.

Nesta XVI Marcha dos Prefeitos em Brasília em defesa dos municípios, Dilma recebeu vaias ao tocar no assunto dos médicos estrangeiros que virão a Brasil (os prefeitos presentes também gritaram sobre o Fundo de Participação dos Municípios). A fisionomia da presidente mudou drasticamente: de preguiçosa à mal-humorada. Ontem, diga-se, Dilma foi vaiada. Mas o motivo foi sua ausência à marcha, o que pode ser até aceitável. Porém, ver a presidente passar pelo mesmo vexame que já passou duas vezes no último mês é impagável.

O vídeo da vaia de hoje pode ser visto aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário