quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Dilma bêbada

O jornalista e colunista da Veja Augusto Nunes está publicando as frases que mais marcaram o ano de 2012 no Sanatório Geral, que fica na sua coluna.

Leia um trecho do discurso de Dilma em 15 de maio:

“Petróleo…  petróleo… Ocês não vão gostá do que vô dizê… Tá? Petróleo ocês não vão gostá. Então eu vô dizê uma coisa pra vocês. Num tem… não acreditem que vocês conseguirão res… resolvê a distribuição de hoje pra trás. Então, lutem pela distribuição de hoje pra frente”

Em seguida Nunes comenta:

 Dilma Rousseff, na discurseira aos participantes da marcha dos prefeitos, sobre a distribuição dos royalties do petróleo, confirmando que o neurônio solitário jamais aprenderá a expressar o que pensa com a mesma clareza e objetividade da vaia com que a plateia reagiu à frase sem pé nem cabeça.

*
Quando li isso fiquei me perguntado quantas Dilma tinha tomado antes de discursar neste dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário